#‎SMARTPHONE‬ bracelete, em breve no seu braço um..

Você escolhe o que quer ver na sua linha do tempo Facebook

As principais notícias do Facebook vem como padrão e quem escolhe o que você vai ver é um algoritimo do Facebook. Mas não precisa ser assim. Você pode acompanhar na íntegra os seus amigos trocando facilmente a opção "Principais Notícias" para as "Recentes", onde a postagem é por tempo que foi postada.


Vírus DNS no roteador e site falso da CAIXA FEDERAL

Tive este problema esta semana. Um trojan que alterou o acesso ao internet bank do site da Caixa Federal. Primeira coisa importante a saber, ele duplicou a home e deixou idêntica ao original da Caixa. Então como eu notei o problema? 

Notei pelo seguinte, após o seu acesso normal ao internet bank, colocar usuário e senha, ele redirecionava para uma página da Caixa que pedia alguns dados de confirmação, tipo senha de pagamento qual era, cpf, endereço, várias coisas, e alegava que era por conta da Receita Federal. Tudo fake, porque os dados que pedia, tanto a Caixa quando a Receita já tinham meus. 

Como bom Geek, sabia que tinha algo errado na hora que vi isso. Liguei para o meu gerente e mandei um print para ele da página, ele olhou e afirmou que aquilo não era da Caixa, e peidu para eu verificar o link do endereço e se eu estava acessando por https:, sendo que toda conexão com o S no http, possui uma certa segurança. Ao tentar acessar com o https, dava inválido o DNS, não era possível acessar. Nada no site da Caixa funcionava apenas a home que levava para o formulário de dados falso. Outra coisa que era esquisita, é que depois do usuário e senha colocados, sempre aparece uma janela pedindo para confirar as iniciais do seu nome completo. E no fake, aparece o usuário que eu acessava o site como iniciais de confirmações, parecido com o original, mas falso, porque era diferente do que normalmente acontece.
A internet começou a dar pau, passei todos scaners que eu tinha anti virus, worms, trojan, holkits, num esforço para encontrar o bicho dentro da máquina e nada. Os programas até encontraram coisas, mas não resolviam o problema principal. Desinstalei os navegadores, porque achei que estavam bichados também. Fiz recuperação de instalações e voltei uns 30 dias no tempo da máquina, não adiantava também. Só faltava formatar a máquina, mas em foruns que li, pessoas tinham formatado e o problema persistia. Eu pensava, como é possível depois de formatar e for-matar tudo na máquina e o virus ainda voltar? Nem o BankerFix (http://www.linhadefensiva.org/dl/bankerfix)achou nada.

Mais pesquisa e achei uma informação que fazia sentido com o problema. O problema estava no roteador, era um vírus de roteador. Por isso que até o meu celular já estava com problema, era o roteador infectado

Que fiz, acessei com cabo direto nele e resetei a senha, coloquei outra. O probema permanecia, aparecia sinal da internet normal, mas as máquinas continuavam com problema de DNS. Então formatei o roteador, apertei atrás dele naquele botãozinho que fica num furinho que cabe uma agulha e formatei todo ele. Zerei. Você clica ali com alguma coisa pontuda, um palito de dente talvez e segura por uns 10 segundos, até que todas as luzes se ascendam ao mesmo tempo. Agora era entrar e configurar novamente, mas prestem atenção, tem que fazer outro usuário, porque se tentar o mesmo, a máquina vai continuar dando problema, coloquei usuário e senha nova. Deu certo, as máquinas voltaram a navegar normalmente. 

Atualizei todos antivirus, fiz perfil público para aumentar a segurança, mesmo estando em casa e limpei todos históricos do pc, usei o ccleaner e Advance SustemCare pra varrer e limpar tudo. Re-instalei os navegadores, (tinha ficado somente o explorer) e até agora tá tudo bem. O Avast reclamou o arquivo de seguranca da Caixa Federal, tanto no computador quanto ao que é instalado no navegador, apontou como vulnerável a ataques, perguntou se eu queria deletar e eu concordei, afinal, pensava que quase tinha perdido tudo formatando o notebook, um arquivo excluido não era nada. Espero que a dica funcione com outros que tiverem o mesmo problema.

Uma dica, se você não está acostumado a mexer no seu roteador, antes de formatar ele, pesquisa como se configura novamente, qual o ip para entrar nele,  o meu é um D-Link (http://192.168.1.1), usuário e senha como padrão (admin, admin). No Youtube tem vídeo explicando.



Formatando NOTA no Facebook

As notas do Facebook são um recurso pouco explorado por quem usa a rede social de forma pessoal ou com uma página de empresa. Através delas, é possível compartilhar textos maiores, com imagens e - o melhor - que são indexáveis pelo Google. Hoje você aprenderá a usar este recurso e a usar uma das maiores redes sociais do mundo para divulgar seus textos.

Como posso formatar uma nota?

Você pode usar o editor de texto para formatar de forma rápida e fácil o estilo do texto e o layout da sua nota. O editor de textos permite que você altere o estilo do texto para negrito, itálico ou sublinhado. Você também pode editar o layout da sua nota com listas em ordem numérica, tópicos ou citações. 

Você também pode usar os comandos básicos de HTML para formatar sua nota, conforme mostrado abaixo:



Facebook Messenger - Recursos do app de mensagens da rede social

Usuários que navegam pelo Facebook em smartphones, aos poucos, foram "obrigados" a baixar um programa de mensagens, para poder conversar via rede social. O botão de chat do app vai deixar de funcionar definitivamente. Quem desejar conversar via rede social no telefone terá de baixar o Facebook Messenger.

Recursos do Facebook Messenger
 
  • Facebook-Messenger
    Iniciar nova conversa
    Para iniciar uma conversa, basta clicar no símbolo de um balão de diálogo que está localizado no canto inferior direito da página. Em seguida, selecione o(s) contato(s) para o qual deseja enviar uma mensagem, digite-a e clique na seta para a direita. 
     
     
     
     
     
  • Facebook-Messenger
    Pesquisar contato
    Se você tiver várias conversas abertas ao mesmo tempo ou muitos contatos, pode usar a ferramenta de pesquisa para facilitar a busca de um contato específico. Clique sobre a lupa no canto inferior esquerdo do aplicativo e digite o nome da pessoa (ou grupo) que deseja encontrar. 
     
     
     
     
  • Facebook-Messenger
    Criar novo grupo
    Clique na silhueta de três pessoas na barra superior do app e escolha que tipo de grupo deseja criar. Em seguida, adicione uma foto e um nome para o grupo, assim como os amigos que farão parte dele. Para concluir, clique em Criar grupo.Facebook-Messenger
  • Fixar grupo existente
    Para fixar grupos já existentes, clique na silhueta das três pessoas na barra superior do aplicativo. Em seguida, clique no símbolo da tachinha no canto inferior esquerdo. Selecione o grupo, dê um nome para ele e clique em Fixar grupo. 
     
     
     
  • Facebook-Messenger
    Ativar ou desativar o Messenger
    Quando ativado, você aparecerá online para seus amigos no chat do Facebook (inclusive na versão web). Caso queira ficar invisível para seus contatos, vá até a 3ª aba da barra superior do Messenger. Lá, clique em Ativos. Você verá todos os amigos que estão online, assim como por qual plataforma estão conectados. Clique no espaço azul ao lado de Ativar para desativar seu Messenger 
     
     
     
  • Facebook-Messenger
    Personalizar notificações
    Para personalizar as notificações do aplicativo, clique no símbolo da engrenagem no canto superior direito. Clique em Notificações. Você pode desativar as notificações por um tempo estipulado, desativar as prévias de mensagens (que aparecem na tela do smartphone mesmo que você não esteja usando o app), assim como a luz e a vibração de quando um amigo fizer contato. 
     
     
     
     
  • Facebook-Messenger
    Compartilhar localização
    Por padrão, o Messenger adiciona sua localização após as mensagens enviadas. Para desativar essa função, vá até as configurações do aplicativo clicando no símbolo da engrenagem. Lá, desmarque a opção de Localização.
     
     
     
     
     
     
  • Facebook-Messenger
    Compartilhar foto
    Para mandar uma foto em uma conversa no Messenger, clique no símbolo de uma câmera fotográfica. Você pode capturar a foto na hora clicando na seta para cima -- vale lembrar que a foto será enviada automaticamente. Caso prefira enviar uma foto armazenada no celular, clique no pequeno quadrado com um sol e uma montanha dentro. Selecione uma ou mais fotos e clique na seta para cima. 
     
     
     
     
  • Facebook-Messenger
    Desenhar sobre uma imagem
    Após selecionar uma foto da galeria, você pode escrever e desenhar sobre ela. Após selecionar a foto, clique no símbolo do lápis. A foto aparecerá em outra página. Dê dois toques sobre a imagem para que o teclado apareça. Para desenhar, clique sobre o lápis, selecione a cor e pinte a imagem. Envie com a seta para a direita ou descarte no X. 
     
     
     
     
     
  • Facebook-Messenger
    Mensagem de voz
    Para enviar uma mensagem de voz, clique no símbolo do microfone entre os ícones da barra de conversa. Um botão vermelho aparecerá na tela. Toque e segure para gravar sua voz, quando desejar enviar solte o botão.


    Fonte: http://tecnologia.uol.com.br

Atraia clientes com o Google Maps Business View

a

Facebook at Work

facebook-trabalho-marketing-digital rafael morawski
Segundo notícias, uma informação divulgada pelo jornal "Financial Times", o Facebook está desenvolvendo um novo site que rivalizará com a rede profissional Linkedin e que levaria o nome de "Facebook at Work". 

O jornal diz que o site irá se parecer muito como o Facebook que você já conhece e ama (ou não) e irá competir com —adivinha— o LinkedIn. A ideia é que o site novo permita que você converse com colegas de trabalho, faça contatos profissionais e até colabore em projetos, com documentos e arquivos compartilhados. 

Não é a primeira vez que há um rumor de um Facebook para trabalho. Há alguns meses, o TechCrunch reportou que a empresa estava trabalhando num projeto chamado FB@Work — um sistema que “poderia ser usado no lugar de e-mail ou mensageiro instantâneo” para conversar com colegas. 

O site descrito pelo Financial Times claramente vai mais longe que isso. O jornal "The Wall Street Journal" antecipou que o "Facebook at Work" será lançado no início de janeiro. Já o Linkedin cada vez se aproxima mais do facebook em aparência. Agora é possível colocar capas no seu perfil, igual ao Facebook e depois o Twitter, que primeiro arruinou o fundo personalizado, que na minha opinião era bem legal. 

Google Play cria Vales-presente para o Natal

Agora, é possível comprar vales-presente da Google Play no Brasil, nos valores de R$ 30, R$ 50 e R$ 100 reais. A distribuição dos cartões foi iniciada nesta semana e, em breve, eles estarão disponíveis em quase todo o país. Os vales-presente podem ser encontrados nas lojas das principais redes de varejo: Lojas Americanas, Hipermercado Extra, Supermercado Extra, Mini mercado Extra, Pão de Açúcar, Ponto Frio, Walmart, BIG, Hiper Bompreço, Bompreço, Saraiva e Sam’s Club.

Os cartões permitem que você adquira os itens disponíveis na Google Play, abrindo caminho para o acesso à milhões de filmes, músicas, livros, aplicativos e jogos, assim como conteúdos extras que podem ser comprados dentro dos próprios apps.

 
Google Play cria Vales-presente para o Natal

App Facebook atualiza e permite ordenar fotos

A galera pede muitas mudanças para o Facebook e as vezes conseguem.

Nesta segunda o Facebook anunciou que a atualização do aplicativo permitirá ordenar as suas fotos no momento do carregamento. 

Antes as fotos eram adicionadas a uma publicação em ordem de carregamento: quem carregasse primeiro, apareceria primeiro. Com a adição do novo recurso, a arrumação passa a ser definida pela ordem que o usuário seleciona as imagens. Agora, uma pequena numeração aparece na parte superior direita das miniaturas que aparecem na tela.

fotos facebook atualiza app

Para cada ‪#‎MídiaSocial‬ uma forma de falar. ‪#‎Humor

Para cada ‪MídiaSocial‬ uma forma de falar Rafa Morawski

Eleições no Brasil gerou 674,4 milhões de interações no Facebook

Rio de Janeiro - O período eleitoral no Brasil gerou 674,4 milhões de interações no Facebook, um novo recorde para eleições nos registros da rede social, segundo informou a empresa nesta segunda-feira.
As conversas sobre as eleições brasileiras envolveram 48,3 milhões de pessoas, o equivalente a 54% de todos os usuários ativos do Facebook no país.
O número é nada menos que o triplo do recorde anterior para um período eleitoral, as 227 milhões de interações registradas no pleito da Índia neste ano, um país com 1,252 bilhão de habitantes, seis vezes mais que o Brasil, e com o dobro de internautas, segundo a rede social.
Eleições no Brasil gerou 674,4 milhões de interações no Facebook
Eleições no Brasil gerou 674,4 milhões de interações no Facebook

Bruno Magrani Facebook
Bruno Magrani Facebook
O diretor de relações institucionais do Facebook no Brasil, Bruno Magrani, disse à Agência Efe que as eleições brasileiras foram "um dos maiores eventos vividos na plataforma neste ano".
"Estamos muito felizes que a plataforma possa contribuir como um importante espaço para a conversa política na internet", afirmou Magrani.
O evento que mais provocou a participação dos usuários do Facebook na história da rede social foi a Copa do Mundo de 2014, no Brasil, com três bilhões de interações.
Interações são publicações de textos, fotos, curtidas, comentários e qualquer conteúdo compartilhado. Os dados da rede social sobre a disputa eleitoral começaram a ser calculados desde o início da campanha, em julho.
Dilma Rousseff (PT) foi reeleita no segundo turno das eleições com 51,64% dos votos, contra 48,36% de Aécio Neves (PSDB), segundo dados divulgados pelo Tribunal Superior Eleitoral após 99,99% da apuração.
Fonte: Revista Exame.com

Google irá priorizar sites responsivos nas pesquisas

Com o crescente número do uso de celulares para acessar a Internet, o Google tem se demonstrado preocupado com sites em seus resultados de busca que não apresentam boa experiência para esses dispositivos. Segundo um porta-voz do gigante das buscas, 61% dos usuários se mostram insatisfeitos quando um site não abre corretamente em seu celular ou tablet. 
Por isso, anunciou que deverá atualizar o seu algoritmo para diferenciar em seus resultados páginas com melhor experiência em dispositivos móveis dos que aqueles que funcionam bem apenas em computadores. A atualização ainda não tem data para ser publicada.
Segundo levantamento da Conversion, no ano de 2014 houve um aumento de 200% no número de pessoas que usam o celular ou tablet para acessar lojas virtuais. Cerca de 20% de todos os acessos são feitos por celulares e tablets, mas esse número cai pela metade quando o assunto é a venda concretizada por esses mesmos dispositivos. “O hábito do consumidor mudou, ele usa muito mais a Internet pelo celular, mas a maioria dos sites não está preparada para gerar uma boa experiência”, afirma Diego Ivo, CEO da Conversion.
A atualização do algoritmo será feita em um de seus critérios de rankeamento que avalia como as páginas são exibidas na tela do usuário, o PageLayout. Segundo Raphael Simoni, analista de SEO (search engine optimization) da Conversion, antes o algoritmo do Google só fazia essa avaliação simulando a tela de um desktop. “Esse algoritmo, chamado de Page Layout, em poucos meses deverá priorizar sites com boa experiência em celular e por isso é preciso que as empresas atualizem seus sites”, explica Simoni.
Para que os sites fiquem mais bem posicionados, é preciso que eles sejam desenvolvidos com os princípios conhecidos como “Mobile First”, ou seja, pensados primeiramente na experiência do usuário a partir do celular e depois no desktop. Sites desenvolvidos a partir desse princípio, também conhecidos como “responsivos”, costumam se adaptar a qualquer dispositivo e agora poderão ficar melhor posicionados nos resultados do Google.
Fonte: Conversion

Aumentada, Realidade Aumentada app

Augment é uma aplicação móvel que deixa você e os seus clientes visualizarem os seus modelos 3D numa Realidade Aumentada, integrada em tempo real em seu tamanho e ambiente verdadeiro. Augment é a aplicação perfeita de Realidade Aumentada para reforçar as suas vendas e trazer a sua impressão à vida. Adicione os seus próprios modelos 3D e personalize registros em http://augmentedev.com

Experimente o Google Chrome Canary

Mais rápido e estável: teste já a nova versão do Chrome que está pela primeira vez em 64 bits


O Google Chrome Canary é uma das plataformas de testes que a Google criou para o usuário participar de forma mais ativa no desenvolvimento do navegador principal da empresa, o Google Chrome. Em sua nova versão, o browser que serve de laboratório traz algumas melhorias no visual, maior segurança na navegação e tradução para diversos idiomas.

Browser laboratório?


O título de “cobaia” dado ao Google Chrome Canary é uma brincadeira que surgiu entre os usuários do navegador. Isso se deve ao fato de que esta versão é sempre a primeira a receber as últimas novidades boladas pelo time de desenvolvedores da Google, mesmo aquelas que ainda estão fase inicial de implementação.
Dependendo da aceitação do público, as novas ferramentas são então aprimoradas (quando necessário) e colocadas no Google Chrome. Do contrário, são modificadas até ficarem ao gosto do usuário ou simplesmente descartadas.

Qualidade com a marca Google

Visualmente, não há nada que faça a distinção entre o Canary e a versão normal do navegador. Portanto, quem está acostumado a usar o Google Chrome em seu dia a dia não terá nenhum problema em se adaptar aos recursos disponíveis na versão de testes. A única indicação de que há algo diferente aparece quando o usuário acessa a informação “Sobre o Google Chrome”, na qual o nome Canary surge em destaque.
Porém, como se trata de uma versão de testes que recebe atualizações constantes, nem sempre o programa funciona da maneira esperada. Essa característica é destacada pelo próprio desenvolvedor, que não aconselha o uso do Chrome Canary como única opção para navegar na internet.

Não é o principal!

O objetivo da Google ao lançar esta versão do Google Chrome não é fazer com que os usuários o utilizem como o navegador principal, mas sim prover uma segunda instalação do aplicativo nas máquinas.

Administradores.com - 8 dicas para vender um novo produto ou reinventar um velho

Administradores.com - 8 dicas para vender um novo produto ou reinventar um velho

Conhecer o mercado, entender os clientes e aprender com os erros são algumas das recomendações de especialista em marketing e vendas



Para as empresas que trabalham com produtos ou serviços, sejam eles tangíveis ou intangíveis, ser o melhor não é suficiente, também é preciso saber vender. Por isso, é importante definir uma estratégia de vendas, que inclui os canais de venda, a pessoa ou equipe responsável e os atributos do produto que se deseja destacar.
Na sequência, Ángeles Batlle, gerente de marketing da AvalChile, organização que ajuda as Pequenas e Médias Empresas do Chile na obtenção de financiamentos, deu algumas dicas para otimizar esse processo.
Torne o produto ou serviço conhecido
Não adianta ter um bom produto ou serviço se ninguém conhece. Os produtos não se vendem sozinhos, alguém precisa vendê-los, e para isso é importante ser convincente, usar argumentos pertinentes para o que está sendo vendido e ser transparente em todos os momentos. A chave para isso é ter uma ou mais reuniões com a equipe de vendas, para posicionar e definir quais são as características do produto e o que será destacado para o cliente. Os atributos escolhidos devem deixar claro porque o produto é útil para o cliente, que necessidades ele atende e porque é o melhor da concorrência.
Conheça a indústria
Algumas empresas correm para vender um produto sem conhecer sua indústria, ou seja, a oferta e a demanda, a concorrência, os parceiros e até mesmo recursos-chave. Esta é uma das principais causas do fracasso de novos produtos e é sintomático de um modelo de negócio mal estruturado.
Para evitar essa situação, deve-se primeiro estudar a indústria em que o produto será introduzido. Isso deve ser feito necessariamente antes de definir a estratégia de vendas e ações táticas subsequentes.
Acerte os clientes
É importante assegurar que a oferta é dirigida para as pessoas certas, ou seja, aqueles que precisam de seu produto ou serviço. Estudos de mercado, incluindo pesquisas, grupos de foco e/ou entrevista pessoal, são de grande ajuda porque permitem compreender melhor os potenciais clientes, saber onde e como encontrá-los e como obter a sua atenção. Também ajudam a saber como eles fazem decisões de compra, quais as características que mais valorizam em um produto, como preço, qualidade e embalagem, entre outras coisas que são muito importantes na concepção e venda do produto.
Aceite falhas
Antes do sucesso vêm alguns fracassos, e é importante levá-los como parte de um processo de aprendizagem que permitirá receber feedback dos clientes e melhorar o produto ou serviço.
Tenha clareza nos canais de vendas
Se você não tem um canal de distribuição estabelecido, deve criar um. Vários mecanismos podem ser úteis: aproveitar intermediários que fazem parte do canal escolhido; encontrar vendedores que têm uma base de clientes de produtos semelhantes ou complementares aos que você irá comercializar; contratar vendedores que passem a oferecer seus produtos para os consumidores ou outros corretores de negócios. E, claro, você tem que migrar para a internet, tanto em seu site e quanto em outros onde você possa promover o produto.
Use tecnologias
Tudo isso acrescenta-se. Estude a melhor maneira de utilizar as novas ferramentas tecnológicas e as mídias sociais para promover os produtos e informar sobre os seus benefícios, mas também tenha cuidado para não perseguir ou cansar o cliente. As redes sociais são um canal de mão dupla, onde a empresa não só fala com o cliente, o cliente também pode se comunicar com a empresa por essa via, por isso é muito importante ser receptivo, ouvir e se encarregar do que se é dito sobre a empresa na internet.
Seja honesto
Não deve-se mentir ou esconder informação do cliente. É fundamental destacar os atributos do produto de forma explicativa e didática, isso será o suficiente para chamar a atenção do público e aumentar as expectativas do que está sendo oferecido.
Melhore o produto
Se depois de todas as tentativas você não conseguir melhorar as vendas, será tempo para a reflexão. Estude novamente as características de seu produto e como o público reage diante dele. Tudo isso para lançar versões melhoradas.
Matéria publicada originalmente na AmericaEconomia e cedida gentilmente ao Administradores.com.

Engajamento nas redes sociais

Google: Estratégias, engajamento, clientes com a sua marca.

Uma marca passa por um grande trabalho de construção e desenvolvimento e tem um papel fundamental na imagem da sua empresa. Preparamos uma aula com dicas para fortalecer este símbolo que diferencia sua empresa. Venha conferir!






O impacto das redes sociais nas eleições 2014


Qual será o papel das redes sociais na eleições 2014? Essa é a pergunta que o programa de debates 
Brasilianas.org pretende responder nessa edição.

A internet é o único meio de massa, a um baixo custo, que permite a comunicação como uma via de mão dupla, permitindo que o eleitor fale diretamente com o seu candidato. Todos os pré-candidatos à presidência da República possuem perfis nas principais redes sociais, indicando uma forte tendência da influência da ferramenta sobre os resultados finais nas urnas. Para discutir o tema o apresentador Luis Nassif receberá o Ministro do Tribunal Superior Eleitoral, Henrique Neves da Silva, o advogado especialista em direito eleitoral, Alexandre Luis Mendonça Rollo e o cientista político e chefe do departamento de análise política da Arko Advice, Cristiano Noronha.

É assim que se faz publicidade

Comercial da LG 84 polegadas
Imagem tão nítida que até assusta que olha


VANTAGENS EM MONITORAR A MARCA NA INTERNET

Monitorar sua marca significa estar consciente em relação ao que seu público diz sobre a sua empresa, produto ou serviço. As menções sobre sua marca na web podem acontecer em diferentes plataformas como redes sociais, blogs e sites direcionados à satisfação do consumidor, por exemplo. Estar informado sobre o que dizem a respeito de sua empresa contribui no direcionamento estratégico bem como no posicionamento da marca, o que se torna um fator de inteligência competitiva no mercado.
Com a alta competitividade e novo comportamento consumidor, estar atento aos anseios e dúvidas de seu público alvo é fundamental. Por isso, responder as menções sempre que possível for e usá-las como base para melhorar seus produtos, serviços e posicionamento mercadológico é essencial. Uma situação desagradável é a viralização de insatisfações, por exemplo, que podem ser sanadas com uma simples argumentação. Além de mudar a perspectiva sobre o atendimento da sua empresa junto aos clientes, a imagem e reputação da marca é fortalecida.
Monitoramento Digital
A necessidade de monitorar sua marca na Internet
A principal razão para monitorar sua marca é para que você possa reagir às menções de seus clientes em tempo hábil, aproximando a comunicação, amenizando repercussões negativas, aumentando a confiança do cliente para com a sua marca, bem como a experiência e satisfação do consumidor. Além disso, as informações são de grande valia para estruturação do posicionamento estratégico e vale até mesmo para ideias de melhorias e criação de produtos e serviços.
Tipos de informações estratégicas que o monitoramento traz à sua empresa
Através do monitoramento é possível encontrar não apenas as falhas e necessidades de melhorias, mas também identificar o perfil do seu público-alvo, os canais mais efetivos de comunicação com seus consumidores, bem como o que eles precisam ou anseiam.
Vantagens em monitorar sua marca na Internet
  • Gestão de crises
A Internet possibilitou um alcance surpreendente para as informações. Citações sobre sua marca, sejam elas positivas ou negativas, verdadeiras ou não,  chegam rapidamente a um número de pessoas inimaginável.
Com um monitoramento bem estruturado, é possível diagnosticar não apenas os impactos de uma crise em sua marca, mas também se anteceder quanto a possíveis problemas que possam gerá-las.
  • Percepção de marca
Acompanhando o que falam sobre a sua marca, é possível identificar a percepção dela no mercado. Com uma boa ferramenta de monitoramento é possível identificar as citações positivas e negativas referentes à sua empresa. Compilando estes dados, você estará munido de dados que indicarão como a sua marca tem sido vista e, consequentemente, o que precisa ser melhorado na experiência do consumidor.
  • Otimização de produtos e serviços
O monitoramento permite a percepção geral de como os clientes percebem seus produtos ou serviços. Falhas de execução e até mesmo sugestões sobre resoluções de problema podem ser encontradas em meio a estas citações. Isto lhe dará uma ideia melhor sobre os aspectos positivos e dos que precisam ser melhorados em seus produtos ou serviços contribuindo, assim, nas mudanças que irão satisfazer os clientes em potencial, melhorar .
  • Geração de novas ideias
Assim como é possível utilizar as informações coletadas para melhorar os produtos ou serviços de sua empresa, é também mais fácil entender as necessidades dos consumidores para o surgimento de novas ideias que irão saná-las. Quando utilizadas de forma estratégica, as críticas e sugestões encontradas auxiliam no desenvolvimento de novos produtos e serviços. Algumas empresas, inclusive, já realizam ações em que o consumidor sugere novos negócios em troca de benefícios ou bonificações. Além de utilizar a informação de quem tem experiência com a sua marca, sua empresa aproveita o gancho para estreitar o relacionamento com os consumidores.
  • Acompanhamento de tendências
Outra vantagem do monitoramento online é que ele ajuda a acompanhar novidades e mudanças em seu setor e até mesmo de seus concorrentes. Ao acompanhar essas tendências, sua empresa pode aprender sobre as necessidades da base de clientes e promover alterações de posicionamento estratégico de mercado, além de buscar a inovação diante a elas.
Agora que você já conhece as vantagens de monitorar sua marca na Internet, fique atento às ferramentas que existem no mercado. Mesmo que as pessoas não estejam comentado sobre sua marca elas podem estar falando do seu produto, serviço, segmento e até mesmo do seu concorrente. Por isso é importante monitorar também termos associados à  sua marca.
Fonte: ingage.com.br

Infográfico E-commerce Mercado Livre

Pesquisa: compradores digitais por região

Infográfico apresenta resultados do estudo feito pelo Mercado Livre sobre a relação dos consumidores com a internet, mobile e e-commerce no mundo

Pesquisa: compradores digitais por região
O MercadoLivre realizou uma pesquisa sobre a penetração de compradores digitais por região. Os dados mostram que a América do Norte concentra o maior número de compradores online, com 74%, um por cento a mais que a Europa Ocidental. Com relação ao mobile, por outro lado, América do Sul e Europa lideram o ranking.


Confira as informações completas no infográfico abaixo:
 
 

#Comportamento do brasileiros no #Twitter e #Facebook

Os sites IDGNOW e Instituto Brasileiro de Coaching - IBC, fizeram analises sobre o perfil dos usuários do Twitter e Facebook. Para ficar mais fácil ver os dois relatórios eu coloquei eles juntos aqui, num mesmo post. 


Infográfico – Perfil Comportamental e Cerebral do Brasileiro no Facebook


O IBC realizou recentemente um estudo que mostra qual o perfil comportamental dos usuários do Facebook. Através de um aplicativo desenvolvido na própria rede social, o instituto analisou mais de 150 mil pessoas.
Os resultados foram separados por idade, sexo, perfil principal e secundário, e apresentados em um infográfico criativo. Com isso foi possível descobrir que a maioria das pessoas tem o perfil Lobo.
Esse perfil pensa sempre a longo prazo e têm dificuldades de se adaptar à mudanças. Entre os menores números da análise está o Gato, são pessoas que gostam de trabalhar em equipe, mas manipulam através do sentimento.
Confira o infográfico e veja qual perfil se ajusta a você!
Infográfico – Perfil #Comportamento do brasileiros no #Twitter e #FacebookComportamental e Cerebral do Brasileiro no Facebook



Infográfico: Twitter revela perfil dos seus usuários no Brasil

Segundo plataforma social, 4 em cada 5 usuários acessam a Internet pelo celular. Metade segue marcas na plataforma por serviço ao consumidor.




O Twitter publicou nesta quinta-feira, 17/4, um infográfico que traça um perfil dos seus usuários no Brasil. No levantamento, é possível descobrir, por exemplo, que 4 em cada 5 usuários do Twitter no país acessam a Internet pelo celular.
Cinema, música e ciência/tecnologia são os assuntos de principal interesse desses usuários, com 79%, 77% e 75% das respostas, respectivamente.
TV
Quanto a hábitos ligados a televisão, o Twitter aponta que 97% dos usuários assistem TV. E afirma que, enquano eles fazem isso, buscam produtos para comprar (44%), procuram informações sobre o que estão vendo (32%) ou usam seus celulares (50%).
Marcas
Por fim, a rede social fala sobre a razão para seus usuários seguirem perfis da marcas na plataforma.
Boa parte, 64%, diz fazer isso para saber sobre novos produtos, enquanto que 56% aponta que é para ficar por dentro das atividades da empresa. Por fim, 50% disseram que seguem esses perfis para interagir com a companhia e 49% admitem estar lá por conta do atendimento ao consumidor, cada vez mais comum nesses perfis.
twitterbrasil01.jpg

Prezi - Convide 3 amigos e receba um upgrade

O Prezi.com permite que você crie apresentações de alto impacto através do conceito de apresentações de zoom. O Prezi utiliza o mesmo conceito do Google Maps para reduzir e ampliar imagens e textos de uma forma cativante que causa um alto impacto na audiência.


Convide 3 amigos e receba um upgrade gratuito de 3 meses

Para cada 3 amigos indicados por você que registrarem novas contas Prezi, você receberá um upgrade gratuito de 3 meses. Indique mais 3 amigos, e você receberá outros 3 meses grátis!
 Convide seus amigos Três deles se cadastram Você recebe um upgrade

Ir para o PREZI clique aqui, cadastre sua conta grátis e divirta-se


Depois que você usar o Prezi, irá aposentar o PowerPoint. As apresentações criadas no Prezi são auto-explicaticas e extremamente cativantes. Caso você ainda esteja em dúvida sobre as vantagens de trocar o velho Power Point para a inovação de Prezi, veja uma amostra de como Prezi possibilita que você faça apresentações divertidas e mais interessantes no vídeo abaixo. Ele também vai servir para responder futuras perguntas, assim como pode dar ideias na hora de você criar seu próprio Prezi.

Assista uma apresentação feita no PREZI

 

Internet: Direito de ser esquecido

Em tempos de privacidade cada vez mais rara, cresce o debate sobre o "direito ao esquecimento". Na semana passada ele se materializou em uma decisão da Corte Europeia de Justiça. Por ela, qualquer site pode ser obrigado a remover da internet dados "inadequados ou que não sejam mais relevantes".
Um cidadão espanhol reclamava que, ao buscar seu nome na rede, aparecia o link de um artigo de jornal publicado há 16 anos falando sobre o leilão de uma propriedade sua para quitar dívidas. A corte entendeu que o link deveria ser tirado do ar.
Apesar da preocupação legítima, o "direito de ser esquecido" é dos temas mais espinhosos hoje. Não por acaso entidades anticensura protestaram contra a decisão. A razão é o risco de efeitos colaterais. Como é praticamente impossível definir os limites desse direito, as decisões tornam-se subjetivas. E aí os problemas são muitos.
Por exemplo, pode haver chuva de gente solicitando a revisão do que está na internet, e também em arquivos de jornais, revistas e redes de TV. É como se ficasse liberado o revisionismo histórico.
Se há qualquer dado que desagrada alguém, basta pedir para apagá-lo. Outro problema é que a informação considerada "irrelevante" hoje pode não ser mais amanhã.
Um exemplo é a queima de processos judiciais "velhos". Assim foi destruído o processo de indenização por acidente de trabalho do ex-presidente Lula. Independentemente do apreço que se tenha por ele, trata-se de documento de interesse histórico.
Por isso, o "direito ao esquecimento", sob o prisma da liberdade de expressão, é mais veneno do que remédio.
Publicado na Folha de São Paulo
*Ronaldo Lemos é diretor do Instituto de Tecnologia e Sociedade do Rio de Janeiro e do Creative Commons no Brasil. É professor de Propriedade Intelectual da Faculdade de Direito da UERJ e pesquisador do MIT Media Lab. Foi professor visitante da Universidade de Princeton. Mestre em direito por Harvard e doutor em direito pela USP, é autor de livros como 'Tecnobrega: o Pará Reiventando o Negócio da Música' (Aeroplano) e 'Futuros Possíveis' (Ed. Sulina). Escreve às segundas.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...